0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Em geral, costuma-se definir landing page por página criada com o único objetivo de atrair e gerar conversão em vendas.

Para ser bem didático a landing page seria como um mini site, acessado via um link  e costumam ter altas taxas de conversão.

Em nossa experiência e cases de sucesso, as Landing Pages, são fundamentais e praticamente insubstituível dentro de uma estratégia de Marketing Digital, e é a melhor forma para se ter métricas reais, que é medir resultado final.

Para que serve uma landing page?

Se pudéssemos resumir qual a principal importância das Landing Pages no Marketing Digital, poderíamos falar que a palavra é resultados. E essa é a principal razão que as diferenciam de uma página que possui múltiplos objetivos.

Ou seja, em vez de direcionar o usuário para um site ou rede social onde esse usuário deveria “se virar sozinho” e explorar tudo o que seu produto oferece, as empresas começaram a criar Landing Pages focadas na conversão.

Imagine uma página em que só existe uma ação disponível para ser realizada. E que, para realizar essa ação, você precisa deixar uma informação de contato sua. Isto é uma Landing Page.

A anatomia de uma Landing Page, basicamente, possui os elementos: Título, Oferta, Formulário e Call-to-Action (gatilho de interesse).

Perceba que o único objetivo dessa página é que você converta nela, ou seja, deixe algumas informações suas em troca de um desconto X, cortersia ou um presente.

Porque eu criaria uma landing page?

1. Aumentar sua base de Leads/clientes

Imagine que você tem um site, uma rede social ou um blog que recebe 5 mil visitas mensais e que esses visitantes navegam um pouco e saem, sem deixar nenhum dado de contato.

Dizer que seu site possui muitas visitas mensais é uma métrica de vaidade, portanto os visitantes no seu facebook, twitter, site, instagram, whatsapp e blog, precisam efetivar uma ação para que você possa iniciar o relacionamento com eles.

Agora imagine que você tem um site, uma rede social, um blog que recebe 3 mil visitas mensais. E que esses visitantes navegam um pouco e, eventualmente, se deparam com links com ofertas e que direciona o visitante até uma Landing Page, onde ele recebe a sua oferta em troca de dados de contato.

No segundo caso, mesmo com menos visitantes, o potencial de gerar negócios é muito maior do que o primeiro.

2. Conhecer seus leads

É possível fazer Marketing Digital com qualidade, mas precisa ficar atento sobre as melhores práticas, e você precisa aprender a conhecer o seu lead (potencial cliente) fará toda diferença para você obter resultados.

Toda vez que um usuário cai em uma Landing Page com uma oferta, é necessário que ele preencha um formulário com seus dados de contato para poder consumir essa oferta.

Esse formulário pode conter informações importantíssimas, como nome, email, telefone etc.

De posse de seus leads e após já ter sido abordado por sua recepção ou responsável, você já é capaz de definir quem vai consumir seu produto ou quem deverá consumir mais conteúdo, para se tornar um cliente no futuro.

Dica super importante para gerenciar esta lista de potenciais clientes que se interessaram por sua oferta, é importante que tenha um CRM como da empresa Belle Software.

Veja histórias de sucesso aplicando conceito de landing page para estética, clique aqui e confira!

3. Acredite, isso reduz o custo de aquisição de cliente

Landing Pages possuem taxas de conversão superiores a um site normal,ou redes sociais que o visitante precisa descobrir tudo sozinho. Não é nada incomum que uma Landing Page tenha uma taxa de conversão 5 ou 10 vezes superiores a uma página com informações diversas e que tira a atenção do seu visitante.

Ok, mas o que isso tem a ver com reduzir custos?

Vamos lá. Imagine que você esteja gastando uma determinada verba com impulsionamento no Facebook/Instagram. Para cada 100 visitantes que sua foto recebe, apenas 1 consome sua oferta. Ou seja, a taxa de conversão está em 1%.

Um resultado muito baixo, sendo assim, você cria uma Landing Page bem otimizada e consegue aumentar esse número para 10 conversões a cada 100 visitas, fazendo com que sua taxa de conversão fique em 10%.

Onde posso compartilhar minha landing page?

  • Postar Feed no Facebook
  • Grupos de Facebook
  • Criar anúncios diretamente Gerenciador de Anúncios do Facebook
  • Whatsapp (por lista de transmissão, nunca por grupo)
  • Twitter
  • Inserir na Bio do Instagram, veja a bio do Instagram Markkit
  • Enviar por direct no Instagram
  • No Story do Instagram para usuários acima de 10.000 usuários
  • Criando anúncio no Story do Instagram
  • Site
  • Blog
  • Google Ads

Conclusão

Se você não tem tido bons resultados com marketing digital é provável que esteja agindo conforme a maioria e investindo em visitantes, curtidas e visualizações, porém sem metodologia isto resulta em baixa conversão real em vendas.

No Marketing Digital de hoje não há sucesso sem entender o que é landing page.

Agora, está preparado para dar o próximo passo, que é colocar em prática tudo o que aprendeu aqui.

Ao utilizar o Markkit, em apenas três passos, você constrói a estratégia perfeita.

Confira o roteiro básico:

  1. Escolha seu modelo: Preço, Promocional ou Informativa
  2. Customize a página: de forma fácil, você pode editar título e descrição,  inserir imagens, vídeos e faz montagem de fotos.
  3. Publique: No Markkit você já ganha um subdomínio, então é só copiar seu link e compartilhar nas redes e utilizar as mídias pagas corretamente.

Para você perder de vez o medo e criar sua landing page. O Markkit possui uma versão grátis, faça a sua em menos de 5 minutos, comece agora:

download apple

download Android